sexta-feira, 18 de maio de 2007

Programação PHP, surpresa com o include()

No momento estou desenvolvendo um sistema em PHP, e para isso eu tive uma idéia bem simples no começo, mas agora ela começa a mostrar que é uma opção interessante.
Bem deixe-me começar dizendo que não sou webdesigner e nem estou acostumado à programar para esse tipo de ambiente, então eu escolhi o PHP pela semanhança ao C++ que tenho mais afinidade.



Então lá estava eu com um sistema para desenvolver e me perguntando como fazer, então tive a idéia que citei acima, eu fiz o index com tabelas e cada link da página chama ela mesma com uma variável para o GET, essa variável "$conteúdo" é a que define o que será exibido em uma determinada célula da tabela usando a função include(). Pois bem, eu precisava passar uma variável para uma dessas páginas chamas pelo include(), mas antes de tudo resolvi ver se a variável passaria para a página "automaticamente"... e passou! Com isso a coisa facilitou bastante =)
Achou pouco? Mas para alguém que, assim como eu, está se aventurando no php esse recurso é fenomenal :-)

InFog

2 comentários:

Construtor, KinuX Linux Creator disse...

Só uma dica, meio atrasada mas bem funcional.
Um include mal feito é um perigo em algum server, você deve checar pelo nome do arquivo antes de mandar incluir pois isso é um perigo, um usuário mal-intencionado pode mandar incluir um arquivo como /etc/passwd e dai hackear o server...
Só isso mesmo

Henrique disse...

Cuidado com o código 'miojo'.

Experimenta usar um framework, onde você tem mais segurança, organização (através da design pattern MVC), recursos, facilidades, menos boilerplate code, e ainda conta com componentes prontos para integrar.

Eu recomendo o CakePHP (www.cakephp.org), o mais ágil entre os frameworks que testei.